9 Sinais Que Mostram Deficiência de Proteína

9 Sinais Que Mostram Deficiência de Proteína em seu corpo e você provavelmente não sabe. Se você está experimentando mudanças em seu corpo ou mente, continue a ler. Descubra os 9 sinais que mostram deficiência de proteína no corpo. As proteínas são a base para o crescimento e sustento do organismo.

São compostos criados a partir de longas cadeias de aminoácidos, considerados elementos essenciais para nossa saúde física e mental. De fato, ambos os tecidos, órgãos e músculos do nosso corpo são constituídos a partir da união dessas cadeias de proteínas.

Sinais Que Mostram Deficiência de ProteínaSinais Que Mostram Deficiência de Proteína
Sinais Que Mostram Deficiência de Proteína

Eles desempenham um papel fundamental. Eles permitem curar feridas, regular o nível de glicose no sangue e eliminar bactérias e outros patógenos, prevenindo o desenvolvimento de doenças.

Fontes recomendadas de proteínas:

  • Carne vermelha (carne bovina)
  • Aves (frango, peru)
  • Ovos
  • Peixe (atum, salmão)
  • Amêndoas
  • Sementes de Chia
  • Feijão
  • Brócolis
  • Couve de Bruxelas e repolho
  • Cogumelos
  • Espinafre.

O corpo nos adverte sobre a falta de proteína com certos sinais ou sintomas característicos. Aprenda aqui 9 Sinais Que Mostram Deficiência de Proteína:

Sinais Que Mostram Deficiência de Proteína:

1. Ansiedade e Humor:

A proteína é responsável pelos processos mentais, emocionais e cognitivos no cérebro. A síntese de aminoácidos leva à produção de dopamina e serotonina, duas substâncias químicas que promovem a liberação de energia. Eles são chamados de “hormônios da felicidade” por causa da sensação de alívio e bem-estar que produzem.

2. Exposição a Lesões Mais Frequentes:

A proteína é responsável pela absorção de cálcio, que fortalece os ossos. O déficit de proteína leva à fraqueza óssea e muscular. O risco para a produção de lesões aumenta com maior frequência. A inclusão aumenta a propensão ao desenvolvimento da osteoporose.

3. Consciência Borrada:

Nesta seção, podemos listar vários sintomas concomitantes: fadiga, falta de atenção ou problemas de concentração. Além disso, problemas de memória e diminuição da acuidade visual são relatados. Cada um desses problemas se refere a um desequilíbrio químico no cérebro.

4. Colesterol Alto:

A falta de proteína no corpo é muitas vezes o resultado do consumo excessivo de carboidratos e gorduras. Reduz a ingestão destes e aumenta o consumo de alimentos ricos em proteínas. A escassez explica os persistentes processos inflamatórios e desequilíbrios hormonais.

5. Problemas Gastrointestinais:

Um metabolismo saudável e boa digestão requerem quantidades significativas de aminoácidos. Quando estes não são suficientes, nosso intestino produz menos enzimas e o peristaltismo é enfraquecido.

Recomendados Para Você: